terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Por exemplo... as árvores!


Há algum tempo atrás... com os meus piratas, no percurso habitual de carro, a caminho da escola:

D - Olha mano, vês? (escondendo os braços atrás das costas) Não tenho braços!
L - Tens sim. Estão atrás das tuas costas.
D - Não.. não tenho... Olha... (mostrando os braços) já tenho! Foi magia!
L - Não... isso não existe...
Mãe - Então... mas não há coisas que acontecem de forma mágica?...
L - Como por exemplo?
Mãe - Olha, por exemplo... quando nasce um bebé!
L - Isso não é magia!
Mãe - Não? Porque não?
L (reflectindo alguns momentos) - Não te sei responder.
Mãe - Então, estás a ver? Quando acontece algo tão maravilhoso e fantástico que não conseguimos explicar, podemos dizer que é mágico...
D - Há magia sim! Por exemplo as árvores. Começamos pelas árvores. Uma árvore a crescer.
Mãe - Pois é filho! Tu entendes de magia! Uma árvore a crescer é mágico... nós não a vemos a crescer, mas quando chegamos lá algum tempo depois já está maior!
L - A magia é quando acontece algo que nós não conseguimos fazer.
Mãe - E quem é que faz isso?
L - Os mágicos.
Mãe - E os mágicos não são pessoas?
L - São pessoas com poderes especiais e então conseguem fazer magia. E o mano não é mágico!
D - Eu sou mágico. Sabes porquê? Às vezes eu escondo qualquer coisa e quando lá chego já não está lá!

:D :D :D Gargalhada geral!

Como por magia, assim se começa bem um dia!

Sem comentários: