quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Apesar do frio


"(...)
Não posso adiar para outro século a minha vida
nem o meu amor
nem o meu grito de libertação
Não posso adiar o coração".

António Ramos Rosa

6 comentários:

Amaral disse...

Adiar o coração será a negação completa de tudo aquilo em que se acredita.
Adiar... apenas nos faz desacreditar em algo mais forte...

disse...

... hmmm... love is in the air?

Caracoleta disse...

..no ar, não sei.. Mas dentro de mim.. o Amor é um habitante permanente... ou serei eu dentro d'Ele? Ou seremos uma e a mesma coisa? :)

Cris disse...

:)
Não adiar o coração... não nos adiarmos a nós mesmas...
Aceitarmos as nossas tempestades e os nossos pastos, as chuvas e os dias de sol do nosso coração.
Ser, Sentir, Viver Plenamente
*
Beijo no coração

Pedra disse...

:) vai-la e tempo para to acreditars e viver este sonho chamado... " paixao e amor "

Banalidades disse...

Sempre apaixonada... Sempre arfante de sentimentos... Sempre inteira na vida!
Oa seus poemas tocam-me. Obrigada por partilhá-los assim comigo! Jinhos