segunda-feira, 30 de março de 2009

Mamã... enquanto dormias...

Bem melhor do que o pequeno-almoço na cama...
...é um bilhete de amor dos nossos filhos, ao acordarmos, entregue num doce despertar de abraços, beijos e carinhos...



O Leo desenhou os círculos com o seu compasso novo... e inflectiu-lhe as curvas de um coração... E nesta geometria dos afectos... o Dudu inaugurou o seu próprio português, juntando as letrinhas recém-aprendidas, para traduzir, directamente do seu coração para o papel, um recado especial para a mãe...



E que faz uma mãe com o mais belo de todos os recados?
Pinta, emoldura, pendura na parede,
e claro, guarda no peito para sempre.

Alguém consegue imaginar conspiração mais preciosa?

3 comentários:

Rita Costa disse...

De coração cheio é como deves estar :)

Beijo de mãe para mãe

Banalidades disse...

Só uma mãe sabe sentir assim... Deve ser um tão sublime sentimento que, gostosamente, há-de permanecer guardado, para num dia qualquer de um tempo depois, confirmar aquilo que eles há muito já sabem, mas que sempre gostam de reafirmar e a mãe sempre escuta: "Amuta mamã"!!!!
Adorei! Parabéns, mãe afortunada!

Lemniscata disse...

Mas que delícia de pequeno almoço :)...