domingo, 17 de maio de 2009

Ser humana...


Ser humana é… uma função em espiral que tende para o infinito, e que tange a liberdade plena.

Ser humana é… ser tão intensamente consciente ao ponto de me sentir una com todas as outras formas de vida neste planeta… e por isso tão responsável por todos os meus actos para com elas.

Ser humana é… pensar como uma montanha... correr como um rio… dançar como o vento… e viajar em profundidade, na permanente dialéctica da dor e do prazer, cada vez mais, até ao centro de mim.

Ser humana é… saber que recebi a dádiva da vida e por ela sentir, tão simplesmente, a gratidão eterna.

Ser humana é... amar assim... Perdidamente… Eternamente… Inevitavelmente.
Apenas, porque Sou.

Ser humana é, afinal… celebrar o Divino em mim!

4 comentários:

Rita Costa disse...

Gostava de ter este teu dom... pôr assim em palavras o que me vai na alma...

Beijinho

Banalidades disse...

Belíssimo texto! Perfeita reflexão realizada de forma apaixonada, lúcida e poética! Adorei.
Também quero ser assim... Ser humana! Poderei sê-lo? Talvez que o rio e a montanha, o vento e o amor na aspiral do viver mo permitam ainda que assomem, por aí, constantes e ferozes falhas de mim. Jinhos.

Marta disse...

Tens o dom da palavra e o calor do espírito :) que bonito texto...

Tão bom que é quando somos humanos em perfeita harmonia com tudo o que nos rodeia e com a nossa Mãe Gaia!
Obrigada pela partilha
Espero ter em breve o prazer de te conhecer pessoalmente no almoço no Monte do Paio :))

Beijinho
Marta

PS: adorei saber (pelo post anterior) que a Lua Cheia de Maio é a Lua Cheia da Flor :) Deve ser por isso que nasci com ela e que tanto me fascina. Obrigada

VIDA disse...

Simplesmente Lindo

Sim! SER Humana, é reconhecer que SER, é quem somos, manifestado em toda esta diversidade divina, que é o mundo das Formas.

Paz