sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Encontra o que amas...

Se hoje fosse o último dia da minha vida, quereria eu fazer, aquilo que estou prestes a fazer hoje?
Sempre que a resposta tem sido "Não" por muitos dias seguidos, sei que preciso mudar algo.
Lembrar-me que estarei morto em breve, é a mais importante ferramenta que encontrei para me ajudar a fazer as grandes escolhas da vida. Porque quase tudo - todas as expectativas externas, todo o orgulho, todo o medo da vergonha ou do fracasso - estas coisas simplesmente desaparecem perante o rosto da morte, deixando apenas aquilo que é verdadeiramente importante.
Lembrarmo-nos de que vamos morrer é a melhor forma que conheço de evitar a armadilha de pensar que temos algo a perder.
Já estamos nús. Não há razão para não seguirmos o nosso coração.

Tens que encontrar aquilo que amas. E isso é tão verdadeiro para o teu trabalho, como o é para os teus relacionamentos. O nosso trabalho vai ocupar uma grande parte da nossa vida, e a única forma de se estar verdadeiramente satisfeito é fazer aquilo que acreditamos ser um trabalho grandioso. E a única forma de se fazer um trabalho grandioso é amar aquilo que se faz. Se ainda não o encontraste, continua a procurar. Não te acomodes. Tal como com todos os assuntos do coração, saberás quando o encontrares. E tal como com qualquer relacionamento grandioso, fica cada vez melhor com o passar dos anos. Por isso, continua a procurar até o encontrares. Não te acomodes.


Steve Jobs, Director Executivo da Apple Inc. e Estúdios de Animação Pixar
Excertos, por mim livremente traduzidos, de um belíssimo discurso disponível na íntegra aqui.




STAY HUNGRY. STAY FOOLISH.
Sempre!

1 comentário:

A Casa Onde Vivemos... disse...

nesse dia o Steve Jobs foi mesmo inspirado e quando o vi, senti a mesma emoção que todos os estudantes reunidos em Stanford!

menos inspiração recebeu quando apresentou a semana passada o ultimo "brinquedo" da Apple, o ipad!
"o desafio"-disse ele, "é de CONVENCER quem jà tem um ipod e um laptop, que precisa também do ipad"
Fiquei desiludida em ouvir este discurso de marketing, sem nenhuma inspiração divina e deu-me vontade de perguntar "don't you think we have ENOUGH already?

... não vou dizer mais nada porque acho que ainda estou desiludida :-(

às vezes,ficas silenciosa durante algum tempo mas quando voltas, tens coisas a dizer que não deixam ninguém calado! gosto da tua criatividade, Caracoleta!
bjs
isabelle