domingo, 31 de outubro de 2010

Samhain



Samhain - o fim do Verão... e o início de um novo ano no velho e sábio calendário celta.
Aqui vamos nós de novo para a metade escura do ano. O escuro onde tudo começa. Um mergulho na sombra, há que olhar para dentro. Morre o que tem que morrer, tudo se recolhe e descansa. Para que o novo nasça quando tiver que nascer. Samhain é a Terra que menstrua. Sabiamente, com amor, se desprende do que já não lhe faz falta. Para se reinventar a si mesma.
~ * ~
Samhain - the end of Summer... and the beginning of a new year in the old and wise celtic calendar.
Here we go again, into the dark half of the year. The dark where everything is born. A dive in the shadow, a deep long look inside. Dies that which has to die. Everything withdraws and takes a rest. So that the new will be born when it is time. Samhain is the menstruating Earth. Wisely, with love, She lets go of what is no longer needed. And reinvents Herself.

domingo, 24 de outubro de 2010

Eat, Yoga, Love



Da Nova Escócia, Canadá, chegou há dias uma nova Carla.
Pois, porque a que partiu no dia 1 de Outubro, já não existe. Dissolveu-se algures entre o grito de uma águia americana nas águas de Prospect Bay e o trinado das cordas de um violino, entre o bater de pés num celeiro em Cape Breton.
Ter pisado aquela terra foi a realização de um sonho de uma vida... que mexeu comigo mais do que eu podia imaginar. Que felicidade para esta minha alma de emigrante... finalmente conhecer o Novo Mundo.
Até podia dizer que estes 18 dias de Outono, na outra costa do Atlântico, foram uma espécie de condensado pessoal de Eat, Pray, Love, dois anos depois de ter vivido essa outra viagem nas páginas de Elisabeth Gilbert. Neste caso, poderia dizer que foi mais um Eat, Yoga, Love. Não tanto um livro inteiro... parece-se mais com um breve prefácio anunciando o resto da minha vida. O Novo Mundo.
A viagem apenas começou.