domingo, 7 de novembro de 2010

The moment


I took this picture 3 weeks ago, in Point Pleasant Park, Halifax, Nova Scotia.
There is only this brief moment in time when the little sailboat moving, is perfectly captured in the right place of a meaningful composition. As with everything else in life...

Be present for that moment.
Then you can, and must, let it pass you by.
Like the air you breathe, all is continuously moving.
Everything changes. Nothing stays the same.
Keep breathing. Keep moving.
And be grateful for that memory of happiness.
When you live it fully, every moment becomes eternal.

As an ancient sanskrit poem says:

Look to this day
for it is life
the very life of life.
In its brief course lie all
the realities and truths of existence
the joy of growth
the splendor of action
the glory of power.
For yesterday is but a memory
And tomorrow is only a vision.
But today well lived
makes every yesterday a memory
of happiness
and every tomorrow a vision of hope.
Look well, therefore, to this day....
~~

Live it well!

4 comentários:

A Casa Onde Vivemos... disse...

E este momento, escrito por ti, é mesmo inspirador!
Obrigado
... e obrigado também por teres falado uma vez aqui do livro Eat, Pray, Love. Ontem vimos o filme e gostámos.
Beijinhos
isabelle

Carla Guiomar disse...

Olá queridos amigos, Isabelle e Paulo!
Eu também vi o filme no dia seguinte a ter chegado ao Canadá. O filme foi interessante e eu, claro, tinha uma grande curiosidade para ver como tinham interpretado a história na grande tela... Mas o filme, para além de ter alguns desvios à história original, de facto não se compara à experiência que foi para mim, ler o livro, e sentir que eu e a autora, estávamos ambas na mesma jornada, procurando resposta para as mesmas questões interiores. Ambas partilhámos uma viagem, ela teve a oportunidade que eu não tinha, de sair do seu país e eu acompanhei-a em espírito.
A minha experiência este Verão foi muito um "Eat, Pray, Love" (ou melhor, um "Eat, Yoga, Love") e também dava para escrever um livro. Mas já fico feliz se conseguir terminar o post que tenho começado sobre isso! :) Abraço imenso!

A Casa Onde Vivemos... disse...

Obrigado Carla pela tua visão. Foi o que pensamos, embora não tenhamos lido o livro; gostámos mas ficámos um pouco... com fome. Acho que a nossa capacidade de imaginar e de viajar pela mente emocional nos leva muito mais longe.
De qualquer forma, estou com muita vontade agora de ler o livro.
Beijos e... espero pelo post sobre a tua aventura "Eat, Yoga, Love"
isabelle

Rituais Maternos disse...

Olá Carla!

Gostaria de lhe oferecer um selinho para o seu blog.

Espreite aqui: www.rituaismaternos.com

Tudo de bom.
MJ